quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Mudanças




Esse ano, para mim, foi “O ano”. Muitas coisas mudaram, algumas para melhor, outras para pior. Realizei vários sonhos que pensei que não iria conseguir. Consegui superar algumas coisinhas que já haviam me atrapalhando há anos. Fiz novas amizades. Vivi muitas aventuras, conheci vários lugares novos, aproveitei muito, muito mesmo.

Já estamos na reta final de 2013, mas, ainda tem tempo para muitas coisas. Faça uma avaliação de como foi esse ano para você, e se mudou muito ou não. Eu já acho que mudei. Chega uma hora que as mesmas coisas de sempre não são mais tão legais, e precisamos experimentar coisas novas. Arriscar. Mudei muito mesmo na minha personalidade. Antes, eu era mais tímida (não que agora eu não seja), agora estou muito mais comunicativa, ao menos acho. As pessoas que eu conheço também mudaram. Não tenho dificuldades para aceitar mudanças, mas tem gente que tem.

Então, um conselho: não se acostume muito. Nada na vida é estável. As pessoas também mudam, basta nos adaptarmos com isso. Você também não vai permanecer o mesmo para sempre. Eu também não. Enfim, falar sobre mudanças é realmente complicado, mas é basicamente isso: aceitar e esperar o tempo de cada um. 
***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***
Posted by: Lau

sábado, 23 de novembro de 2013

O reencontro



Era uma vez, duas amigas chamadas Amanda e Annelize. As duas moravam numa cidade pequena, e eram vizinhas. Tinham apenas 12 anos, mas já sonhavam muito: queriam ser cantoras. Já haviam escrito várias músicas juntas, todas falando sobre amizade e sonhos, coisas que as duas amavam escrever. Amanda tinha uma voz incrível, e Annelize tocava vários instrumentos. Tinham tudo para um futuro promissor na música, porém, algumas coisas atrapalharam... 
Amanda estava almoçando com seus pais, que estavam calados até demais. Ela perguntou se havia acontecido alguma coisa, eles se olharam, e disseram:
- É que... - A mãe respirou fundo. Sabia que não ia ser fácil. - Nós vamos nos mudar. 
- O quê?! - A menina deu um grito.
- É, filha. Conseguimos um apartamento na capital, e aqui não é bom de morar, quase não tem nada. Lá vamos ter uma condição financeira muito melhor, uma vida melhor. - O pai disse. 
- Mas... Eu cresci aqui. Passei todos os anos aqui. Não vai ter como eu aceitar de uma hora para a outra. Vocês estão falando sério? - Amanda olhou, incrédula, tentando evitar o choro.
- Sim. - Afirmaram.
Correu para seu quarto e ligou para Annelize. Era sua melhor amiga, e teria que deixá-la. 
Algumas semanas passaram, e chegou o dia da mudança. Amanda fez as malas, se despediu dos seus amigos e entrou no carro. Estava péssima. 
Quando chegou lá, viu que não era tão ruim. O apartamento era grande, bonito. A escola era legal, e ficou feliz quando descobriu que tinha aula de música. As pessoas eram gentis com ela. Porém, ainda sentia falta de Annelize. 
Alguns anos se passaram. Amanda estava aprimorando cada vez mais sua habilidade musical, cantando novas músicas e vivendo várias experiências. Participou de vários show de talentos e concursos. Até que, em uma dessas oportunidades que prometiam apenas um prêmio e um reconhecimento entre a cidade, um produtor musical se interessou e quis trabalhar com ela. Gravou seu primeiro CD, virou famosa aos poucos e começou a se apresentar em vários lugares. 
Quando foi fazer seu primeiro show, em outra cidade, sua amiga July iria abri-lo. Porém, deu um problema e ela não pode ir. Ligou para ela, que explicou tudinho, e recomendou uma tal de Anne. Não sabia quem era, mas diziam que era boa. Amanda ainda não estava confiante, mas tentou pensar positivo. Estava solucionado, agora era torcer para dar tudo certo. 
Foi no instante em que começou a tocar o violão que viu: era a música que Amanda e Annelize fizeram juntas. 
- É agora. - Pensou Amanda, com um sorriso no rosto. Entrou no palco, e fizeram um belo dueto. Nada planejado, mas ás vezes, a vida não precisa apenas de planos. Ela pode nos surpreender com reencontros inesperados, coisas inesperadas, que no futuro serão ótimas lembranças. 

Gostou desse texto? Comente!

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem plágio por favor!***

Posted by: Lau

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Tentar

Everything is possible💜

Começando esse texto com uma pergunta: você é corajoso/a? Eu já digo que depende. Para algumas coisas eu tenho coragem, outras, não. Você é daquele tipo de pessoa que tenta uma vez e desiste, ou vai atrás até conseguir, independente de qualquer coisa? Eu sou assim. Quando quero algo, minha determinação é maior que tudo. Não sei porque, mas ás vezes, acho que devemos tentar mais. Arriscar mais. Como vamos saber,se não tentarmos? 
É, muitas vezes o medo é maior que tudo isso. Sabia que ele nos cega? Pois é. Quando sentir medo, pense em tudo o que te aguarda. Pense na oportunidade que perderá por causa desse sentimento passageiro. Pense se vale a pena desistir por falta de coragem. Porém, muitas vezes é necessário passar pelo medo para encontrar a coragem. Para ter mais vontade de seguir em frente. Para se fortalecer. 
A vida já não é muito longa, então, arrisque sem receio, mas tenha certeza do que realmente quer, e esteja disposto a enfrentar qualquer coisa por isso. Se não conseguir, ao menos, você tentou. E algo que nunca devemos deixar de fazer, é tentar.

Gostou desse texto? Comente!

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted by: Lau

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Aparência


Esse é um tema realmente polêmico de escrever: a beleza. Porque nós somos tão preocupados com o que aparentamos ser? Tão vaidosos, se preocupando mais com o que os outros vão pensar, e não no que a gente acha melhor? Já parou para se perguntar sobre isso?
Eu já. Acho que é tudo questão de influência. Nós, meninas, quando enxergamos uma menina bonita, queremos ser mais bonitas que ela, ou igual a ela, certo? Mas tudo no pensamento. "Ela tem barriga de tanquinho, eu também tenho que ter." exemplo. Que atire a primeira pedra quem nunca fez uma comparação tipo essa, não é?
Vou admitir uma coisa: tem dias que minha autoestima fica negativa. Eu começo a reclamar de tudo no meu corpo, não fico satisfeita. Acho que todos nós somos assim, todos temos esses dias em que nada parece bom o suficiente. É normal, acontece com a maioria das pessoas. O que devemos saber, é lidar com tudo isso. Mas como?
Uma coisa que eu d-e-t-e-s-t-o em mim são os acnes que eu tenho no rosto. Provavelmente não devo ser a única menina que sofre desse problema, e como incomoda. Sabem o que eu faço para lidar com isso? Ignoro. Claro, eu passo uma cambada de produtos, cuido demais minha alimentação e tal, mas eu finjo que elas não existem, e paro de complicar as coisas. É difícil pensar assim sempre, mas temos que tentar. Tudo tem solução. 
Comece a observar as coisas boas no seu corpo, e na sua personalidade também. Deixe os defeitos para lá, para que dar tanta importância para eles, enquanto as qualidades esperam para serem notadas? Pense. Deus nos fez assim, assim temos que ser. Isso tudo passa, é uma questão de comparação, influência. Quando pararmos de nos comparar com os outros, aí sim. Quando pararmos de pensar no que as outras pessoas vão achar, aí começaremos a pensar em nós. Quando pararmos de enxergar só defeitos, as qualidades serão muitas. Então, o que está esperando? 

Ficou meio longo hehe, mas... Espero que tenham gostado.

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***


Posted by: Lau

sábado, 16 de novembro de 2013

Amizade


Untitled

Amizade é uma das melhores coisas do mundo. Quem somos nós sem amigos? Nada. São nossos amigos que nos ensinam as coisas, que nos ajudam nas horas precisas, enfim, são pessoas especiais que entram na nossa vida para melhorá-la. 
Você tem amigos? Obviamente deve ter. Pode ser virtual, não importa. Um amigo é aquele que fala com você, que briga, xinga, discute, mas que não te deixa fazer coisas erradas. É aquele que te acompanha, que te convida para sair mesmo sabendo que você não pode, que te quer bem.É o que fala mal na sua frente, e te elogia pelas costas, não ao contrário. 
E os falsos? Sim, eles existem e estão por toda parte. Acho que esses aí temos que ignorar, não dar bola. Valorizar os verdadeiros acima de tudo é o que devemos fazer para mantê-los. 
Enfim... Ter amizades é realmente importante para nós, para não ficarmos sozinhos e sempre ter alguém para contar. Pois, amigos são nossos tesouros, que devemos guardar com muito carinho e cuidado.

Gostou desse texto? Compartilhe com seus amigos!
(Desculpa gente, sei que não ficou muito bom, é que estou sem ideia :S)

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted By: Lau

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Sugestões de livros


Oi! Como estão? Então, aqui no blog eu só postei textos até agora, para mudar um pouco e não ficar aquela mesmice e tal, decidi fazer uma matéria sobre sugestões de livros. Não sei que tipo de livro vocês gostam, mas vou dizer os que eu li e gostei. Vejam:

John Green: A culpa é das estrelas

 
Esse tinha que ser o primeiro, hehe. Que livro perfeito! Veja mais informações aqui


John Green: Cidades de papel


Ok, já deu para ver que eu amo os livros dele hehe. Esse é uma aventura, misturada com romance, misturada com mistério, enfim, vários gêneros juntos. Ótimo também! Aqui para ler a sinopse.

Annie Bryant: Garotas da rua Beacon

 

Como podem ver, é uma coleção para adolescentes. Infelizmente ainda não conseguir completá-la, são 22 livros no total (se não me engano), mas só até o 16 estão traduzidos. Clique para ver mais sobre a coleção.

Sara Shepard: Pretty Little Liars

 

Também é uma coleção (que eu também não tenho completa c.c), que envolve mistério, suspense, aventura, vários gêneros misturados. Sabe aquele livro viciante? Então, PLL é assim mesmo. Veja mais informações aqui.

Paula Pimenta: Fazendo meu filme


Esse livro é muuuuito bom! Tem vários também, mas eu só li o primeiro (que é perfeito). Para ler a sinopse: aqui.

Sérgio Klein: Poderosa

 

Esse é o primeiro livro (e o único que eu li, mas estou louca pra ler os outros). É daqueles que dá cada reviravolta e que termina de uma forma inesperada, ótimo também.  Leia a sinopse. 

Tudo por um feriado: Thalita Rebouças


Sou fã da Thalita Rebouças, já li vários livros dela e recomendo! Esse "Tudo por um feriado" é ótimo, é de comédia (tem partes que eu morria de rir huahua). Também recomendo "Fala sério, Mãe!", e "Fala sério, amiga!", suuper legais! Leia a sinopse aqui

Kami Garcia e Margaret Stohl: Dezesseis Luas

 

Da série "Beautiful Creatures", Dezesseis luas é o primeiro dos três livros (Dezesseis Luas, Dezessete luas e Dezoito luas). Também tem o filme, é ótimo, envolve magia, mistério e romance. Veja a sinopse

Então, para não ficar muito longo o post, vou parando por aqui. Espero que tenham gostado e não esqueçam de comentar. :)
Amanhã eu volto com algum conto ou crônica (falando nisso, a minha foi publicada no jornal de hoje *-*)
 Beijinhos. 

Posted by: Lau

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Sonhos (2)



     Todo mundo tem um sonho. Seja ele pequeno ou grande, não deixa de ser um sonho. Não, não estou falando do doce chamado sonho, estou falando de sonhar.
     Sonhar é uma arte. Todos nós sonhamos com alguma coisa, seja conhecer alguém especial, ir para um lugar muito desejado, ganhar ou comprar algo, etc.
     Existem sonhos de todos os tipos, e sonhadores também.  Tem alguns sonhadores que não desistem por nada, e fazem de tudo para realizá-lo. Porém, tem o outro tipo: aquele que acredita que o destino o trará, e que o que deve fazer é sempre esperar e acreditar. E você, que tipo de sonhador é?
     Não importa o nosso “tipo”. O que importa, é que nunca devemos desistir. Pode parecer impossível, mas jamais desista. Pode parecer difícil, mas persista, aliás, nada na vida é tão fácil. Você pode ter um sonho inacreditável, que todos duvidem que um dia você alcançará, e é por isso mesmo que você nunca deve desistir. No caminho, haverão obstáculos, mas se sua fé for maior, eles jamais lhe derrubarão.
     O caminho pode parecer longo. O sonho, impossível. Os obstáculos, invencíveis. Pode parecer, mas você nunca terá certeza se não tentar.

     Acredite: nossos sonhos se tornarão realidade um dia. E se está demorando, tenha paciência: o destino tem ele reservado para você. E vai acontecer. A única coisa que você deve fazer, é sempre acreditar e persistir, e o mais importante: nunca deixar de sonhar.

Gostou desse texto? Comente!

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted by: Lau

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Amor


Não sei porque, adoro escrever sobre o amor. Deve ser porque sou meio romântica, ou sei lá. Esse é um texto meio pessoal, mas mesmo assim vou falar. Primeiro, uma pergunta: quantas vezes você já gostou, se apaixonou, por alguém na vida? Provavelmente alguma vez, sim. Tem gente que diz que nunca amou ninguém, eu acho isso meio impossível mesmo. Não é difícil conhecer alguém legal e se apaixonar assim, logo de cara, isso acontece com muita gente. Eu não me apaixono rápido. Não sei se entendo alguma coisa de amor, mas o que eu sei, vou dizer para vocês. 
Todos nós já sentimos amor. Não amamos nossos pais, nossa família? Então. Esses são amores bem, vamos dizer, comuns, porém, enormes. Qualquer amor que é verdadeiro se torna grande. Pois, vai chegar um dia, que sentirá uma atração por alguém especial. Primeiro uma atração física, talvez. Ou não. O amor não tem uma lógica, basta sentir. E não tenha medo de se apaixonar, ás vezes, é bom. Sofrer é necessário para ver se realmente vale a pena essa pessoa, se é isso mesmo que queremos. Também é preciso para mostrar que nada é impossível. Não existe uma paixão que não tenha um pouco de sofrimento, ou um obstáculo. Se não tivesse, que graça teria? Pelo que iríamos batalhar? O que valeria a pena? É só pensar. 
Se você gosta de uma pessoa, e tem certeza do que quer, vá atrás. Não desista. Uma hora, vai conseguir. E se não der, não era para ser. Mas, abra os olhos e veja quantas pessoas tem ao seu redor, só que você só presta atenção naquela. Quantas estão querendo seu bem, enquanto aquela não está nem aí para você. Isso dói, eu sei, mas é assim, não adianta. 
Para um amor verdadeiro, altura, idade e distância são apenas números. Obstáculos não são nada. Sofrimento é motivação. Persistência é palavra chave. Isso sim, se chama amar. 

Gostou desse texto? Comente!

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted by: Lau

Crescer

    

 O que passa na sua cabeça quando falam a palavra “crescer”? Provavelmente, crescer na estatura. Mas não existe só crescer na altura.
     Também crescemos espiritualmente. Amadurecer seria a descrição correta. Mas, como assim?
      Percebemos que estamos amadurecendo quando certas coisas não nos atingem mais. Quando deixamos de dar importância para situações que não valem a pena. Quando tiramos a conclusão que temos que mudar.
     Mudanças. Com certeza, vão acontecer na vida de todos. Mas devemos mudar sempre para melhor, ou seja, amadurecer. O problema é que não escolhemos o tempo certo para crescer. Em algumas pessoas acontece antes, em outras, pode demorar. O jeito é não ter pressa, e aceitar o tempo de cada um.

    Enfim, amadurecer é realmente importante. O que ajuda nisso são as perdas, as superações, as falhas e os medos. Porque isso sim nos torna forte o suficiente para crescer e continuarmos o caminho da vida.

Gostou desse texto? Deixe sua opinião!

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted by: Lau

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Volta por cima


Muitas vezes, já passamos por uma situação difícil, onde pensamos que jamais iriamos superar, solucionar, libertar. É quando perdemos as esperanças que estamos prestes a desistir.
     Mas quem disse que devemos? Nunca. Temos que dar a volta por cima, superar. Mas como fazer isso?
     Primeiro passo: acredite. Deus nunca iria colocar um obstáculo no nosso caminho que seja impossível de superá-lo. Levante a cabeça, e veja quantas oportunidades tem. Ás vezes, o medo nos cega.
    Segundo: Seja paciente. E persistente, também. Se tanto lutou, e até agora não superou, lembre-se: não importa o tempo que você batalhou (ou está batalhando), e sim pelo quê está lutando. Perceba e veja se o problema é realmente grande, ou é você mesmo que está o tornando cada vez maior.

     E, por fim, seja humilde. Não tenha vergonha de pedir ajuda, muito menos de ajudar. Seja superior a qualquer coisa que possa lhe derrubar, e quando você vê, tudo já está melhor. Mas não foi por acaso, e sim porque você batalhou, acreditou, persistiu, e, finalmente, deu a tão desejada volta por cima.

Gostou desse texto? Comente!

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted By: Lau

Seja você


    Resolvi escrever essa crônica para mostrar o quanto é importante ser você mesmo(a). E o que é ser quem você é? Simples: ter personalidade. Isso define-se a ter seus próprios gostos (independente da opinião dos outros), seu próprio estilo, ou seja, seu jeito. Sempre defenda seu ponto de vista, mas sem ser incoveniente. Por exemplo: sua amiga gosta de uma banda que você odeia. Você tem todo o direito de não gostar, mas deve respeitar.
    São essas atitudes que irão formar seu caráter, ou seja, quem você é. Nossa personalidade é formada conforme o tempo,aliás, ninguém nasceu já sabendo que ia gostar disso e daquilo, portanto, é normal mudarmos nossa opinião frequentemente. Enfim, o importante é sempre ser você mesmo(a): único e original. Não tenha vergonha de mostrar quem você é. Aprenda a aceitar seus defeitos e aprimorar suas qualidades, e não se importe tanto em agradar os outros. E, jamais finja ser alguém para se aproximar de uma pessoa ou aderir a algum grupo. Essa pessoa, se for sua amiga, irá gostar de você do seu jeito, afinal, não tem como “fingir” ser outra pessoa. Não por muito tempo.

    Sempre mantenha sua autoestima em alta: saiba valorizar suas qualidades e acostume-se com seus defeitos, eles que formarão sua personalidade, para assim, aprender com as liçõoes da vida. 

Gostou desse texto? Deixe sua opinião nos comentários.

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted by: Lau

Perdas e conquistas



     A vida é feita de perdas e conquistas. É inevitável: um dia, vamos perder. Como também um dia, seremos vitoriosos. Mas como conquistar algo na vida? Indo atrás de seus objetivos. Tenha metas: elas são o primeiro passo para a vitória. Tenha persistência: é também um passo muito importante. Acredite: só assim conseguirá.
    Seguindo esses e os outros passos que você descobrirá, será vitorioso na vida. Mas o mais importante mesmo é saber perder. Ou seja: não se abalar por uma crítica, e sim fazer dela um ponto de vista para melhorar. Saber levantar após uma decepção: faça dela mais um motivo para persistir. Enfim, saber perder já é uma vitória. Ás vezes, precisamos passar pela perda para nos tornarmos forte.

    Na vida, todos nós já conquistamos algo. Se você quer algo mais, e após tanta luta ainda não conseguiu, tenha paciência: a hora certa vai chegar. Mas, enquanto não chega, nunca se esqueça: sempre saiba perder com esperança de um dia chegar lá, e ganhar com a humildade e sabendo que um dia já perdeu.

Gostou desse texto? Compartilhe e comente com seus amigos!

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted by: Lau

Valorizar



"Dê valor às coisas, não pelo que elas valem, mas pelo que elas significam." Eu amo essa frase, porque fala sobre valorizar, coisa que nós não sabemos fazer direito. Geralmente, aprendemos a dar o devido valor quando perdemos. Quantas vezes? Não adianta, é assim mesmo. Acontece que podemos mudar, nunca é tarde. Valoriza quem te ama, quem te quer bem, e não quem não move um dedo por você. Valorize seu pai, sua mãe, que sempre te deram amor. Valoriza seus amigos, os verdadeiros, que fazem tudo por você. Os falsos tire da sua vida, ninguém precisa disso. Valoriza a pessoa que te escuta, que te aconselha, que te procura. Pois, chega uma hora, que cansa. Se você não aprender a dar valor para as pessoas que realmente merecem, elas simplesmente vão embora, sem aviso, sem nada. E aí, chega uma hora que sentirá falta delas. Isso acontece com todo mundo, já aconteceu comigo, e provavelmente com você também. E outra coisa: valorize você mesmo. Se nós não nos damos valor, quem dará? Pois é, ninguém. Enfim, a vida é basicamente isso: pessoas vindo, pessoas indo. Nossa única tarefa é saber manter as que gostamos, valorizando, antes de perder. Pois os momentos que essas pessoas nos proporcionam são maiores que qualquer coisa, e muitas vezes, podem ficar só na lembrança, como também podem se repetir. Basta você escolher, aprender e manter.

Gostou desse texto? Deixe sua opinião nos comentários! 

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted By: Lau

Sonhos




Ás vezes, fico pensando: porque existem os sonhos? Algumas pessoas os veem como uma meta, um objetivo. Já eu, considero de uma forma diferente: acho que sonhos são nossos desejos mais profundos, e geralmente os mais difíceis. Porque o ser humano tem o dom de escolher o que é mais difícil para ele? Não sei se consigo responder isso, mas se tudo fosse fácil, que graça teria a vida? Por qual motivo persistiríamos em algum lugar que tudo, sem um mínimo esforço, seria ganho? Por isso existem os sonhos: difíceis de alcançar, sim. Impossíveis, não. Basta tentar, ir atrás, enfrentar os obstáculos e ter fé. Acreditar é o primeiro passo para a vida de um sonhador, e para tornar o seu desejo mais profundo realidade. Agora, se ficarmos toda hora pensando negativo, esperando que caia do céu, apenas parados, esperando, como vamos conseguir? Na minha opinião, se Deus coloca algo na nossa vida, tem algum motivo, e ele não colocaria algo que fosse impossível para nós, certo? Então... Sonhos são nossas bases, nossos desejos, e são a prova de que nada é impossível. Sonhar é necessário para aprendermos que a impossibilidade não existe, que para conseguir, temos que lutar, que não podemos desistir no primeiro obstáculo. Sonhos são nossas vidas resumidas em nossos maiores desejos.

Gostou desse texto? Comente e compartilhe com seus amigos!  


***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted By: Lau

Felicidade

Primeiro texto aqui no blog uhuu

Para você, o que é felicidade? Já parou para pensar? Pois então, acho que não existe felicidade em si, e sim momentos felizes. Ninguém é feliz o tempo todo, e sim em alguns momentos da nossa vida.
Acontece que não existe uma definição concreta para esse sentimento tão desejado por todos. Basta sentir. Mas, como achar a felicidade? Encontrando o caminho. Para isso, é simples, apenas adote esses três elementos fundamentais: o amor, a persistência e a sabedoria. O amor porque não existe felicidade sem ele. Aprenda a amar acima de tudo as pessoas que te amam, a perdoá-las quando erram. A ignorar o orgulho, o que muitas vezes é necessário. A amar com todo o coração. A persistência porque, quando surge um obstáculo, não podemos desistir, e sim continuar apesar de todas as dificuldades. A sabedoria para escolhermos com convicção o que é melhor para nós, o caminho certo a seguir.
Aprendendo a sentir e entender esses três elementos citados e mais alguns, encontrará a felicidade. Mas ela não é eterna, devemos mantê-la. Nisso, inclui: sorrir nas dificuldades, transmitir esse sentimento aos outros, ficar feliz pelas vitórias das outras pessoas, e pelas suas também.
Enfim... É complicado falar sobre esse sentimento tão complexo e indescritível, mas essa foi minha conclusão: se ainda não encontrou felicidade,  sua hora vai chegar. Apenas continue vivendo e fazendo o bem, encontrando a felicidade nos outros e também em nós mesmos. Pois, os momentos felizes devem ser contagiantes, e acima de tudo, verdadeiros.


***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor!***

Posted by: Lau

Apresentação


Olá! Tudo bem? Espero que sim. Esse post eu fiz para me apresentar (não sou boa com apresentações, mas vou tentar). 
Me chamo Laura (irei assinar as postagens como Lau), tenho 13 anos e moro no RS. Minhas paixões são ler e escrever, ano passado escrevi meu primeiro livro que será lançado na feira do livro da minha cidade (Sobradinho), dia 29/11. Já escrevi dois livros na verdade (o segundo é a continuação desse que vai ser lançado, O estilo da amizade), e estou atualmente escrevendo o terceiro. 
Então... Agora um pouquinho da minha personalidade. Sou canceriana (07/07), geralmente estou de bom humor, sou ciumenta, possessiva, conselheira e amo ajudar os outros. Também sou potterhead (fã de Harry Potter), e as músicas que eu gosto são bem variadas, sou muito eclética, mas meus gêneros favoritos são rock e pop. Não vou entrar muito nesse assunto porque se não vou ficar um ano aqui falando e vai ficar cansativo, porque sou meio tagarela hehe. 

Para finalizar, uma foto do meu livro:



Então é isso... Espero que gostem dos meus textos e boa leitura!

Posted By: Lau