segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Leia o primeiro capítulo de "O estilo da amizade 2: Batalhando por um sonho"

   
(Não é a capa oficial, apenas uma montagem)

Oi gente! Hoje trouxe o primeiro capítulo de "O estilo da amizade 2: Batalhando por um sonho". Ainda vou trazer várias coisas novas aqui para o blog nesse mês, além de algumas surpresas, já que novembro é muito especial para mim (um ano de lançamento de O estilo da amizade). Mas, por enquanto, leiam: 

Capítulo 1: Aprendendo os passos
            O despertador tocou ás sete e meia. Lorena levantou-se num pulo, estava muito animada. Aquela manhã não seria uma manhã como as outras: ela e suas outras melhores amigas, Charlote, Lindsay, Bella e Kate iriam se inscrever em uma aula de dança. Lorena simplesmente amava dançar. Todas amavam, para falar a verdade. Kate não levava muito jeito, mas mesmo assim gostava. Bella adorava uma dança bem agitada, já Lindsay preferia músicas mais calmas. Charlote ainda não descobriu seu estilo musical, mas achava que era ótima com músicas clássicas. Lorena amava todos os tipos de música e de dança, era boa em todos os estilos.
- Filha, venha tomar café! – A mãe de Lorena chamou-a da cozinha. – Hoje vamos fazer sua inscrição para a aula de dança. – Ela lembrou.
- Já vou! Eu não esqueci, não.  – Respondeu.
            Enquanto escolhia o que vestir, Lorena ficou imaginando como seria todas suas amigas dançando e se apresentando em todos os palcos. Seria um sonho realizado para ela, que sempre quis ter um grupo de dança de suas melhores amigas.
- Lorena, rápido! Já são oito horas, eu preciso ir para o trabalho! – A mãe gritou para a filha, que levou um susto.
- Estou pronta! Ahn... Quase pronta.
            Lorena nem tinha vestido sua roupa ainda. Não tinha arrumado sua cama, seu cabelo estava bagunçado e ainda estava de pijama. Rapidamente, tirou sua calça jeans preferida do armário, uma blusa preta de babadinhos e um casaquinho. Calçou sua sapatilha e desceu as escadas na velocidade da luz.
- Estou pronta! – Exclamou, orgulhosa por ter se arrumado em menos de um minuto.
           A mãe a encarou.
- O que foi?
- O que você fez no cabelo?
           De repente, lembrou que não tinha penteado o cabelo. Nem lavado o rosto, e muito menos escovado os dentes.
- Três minutos! – Sua mãe avisou, enquanto Lorena subia as escadas novamente na velocidade da luz.
            Em menos de dois minutos, Lorena tinha voltado.
- Pronto, vamos!
- Uau. Está rápida hoje, hein. Parece que as aulas de dança já estão fazendo efeito!
- Não. Só estou rápida porque... – Lorena hesitou. Porque estava com tanta pressa naquela manhã? Ah, claro, pela aula de dança. Sua mãe estava certa. – É, é isso mesmo.
            Quando chegou no salão de dança, uma mulher recepcionou-as.
- Olá. Sou Amanda. – Ela se apresentou, dando um simpático sorriso. – Sou a professora de dança. Vocês irão se inscrever?
            A mãe de Lorena apontou para ela, que fez um sinal de sim com a cabeça.
- Ótimo. Podem passar por aqui.
  Quando chegaram ao balcão das inscrições, Lorena pode ver quanta gente estava lá.                          Conseguiu notar a presença de suas melhores amigas também. Depois de preencher a ficha, foi correndo em Lindsay, Charlote, Bella e Kate.
- Oi, meninas! 
- Oi, Lore! – Bella respondeu, animada.
- Já fizeram as inscrições?
- Sim. Estávamos só esperando você. Se atrasou hoje, né? – Lindsay disse.
- Aham, me desculpem. Estava muito animada, e quando vi, o tempo estava passando. – Lorena se desculpou.
- Não tem problema. – Bella sorriu. – Eu também estava assim. Nem tomei café ainda!
- Nem eu! – Charlote disse, passando a mão na barriga.
- Estou faminta. Comi só um biscoitinho. – Kate falou, parecendo com sono.
- Acho que sou a única não atrasada aqui, né? – Lindsay orgulhou-se, brincando.
- Hahaha, ei, o que acham de lanchar na cafeteria ali da esquina? – Lorena convidou.
- Por mim, tudo bem. Só tenho que ver com minha mãe. – Charlote disse, direcionando-se até sua mãe.
           Depois, todas foram na cafeteria fazer um lanche, pois estavam com muita fome. Lá, se divertiram muito conversando e trocando ideias. E, é claro que o assunto foi só a aula de dança.
- Esse croassant está ótimo! – Lorena disse. – Ou eu que estou com muita fome.
- Ei, vocês acham que a Demi e o grupinho dela gostam de dançar? – Kate perguntou.
- Sei lá. – responderam. – Espero que não. Já chega aturá-las na escola, né?
- É. – concordou.
             Bem naquela hora, um garoto esbarrou na cadeira de Lorena.
- Ops, desculpe. – ele pediu.
                Lorena se virou e o encarou. Parecia familiar... Ele era alto, tinha cabelos castanhos, olhos cor de mel e pele clara. Era muito bonito.
- Sem problema. – disse.
- Quem é ele? – Bella perguntou.
- Meu novo vizinho, não lembro direito o nome dele... Acho que é Till... Não, Mill...
- Mill? – perguntou Kate, rindo.
- Ah, sei lá. Algo com “ill”. – Lore riu.
- Hum... Ele é bonitinho. – Bella falou, dando um olhar malicioso para a amiga. – E é seu vizinho...
- Bella! – Lorena riu. – Bom, falei para minha mãe que não iria demorar muito, então, vou indo. Tchau, até mais!
- Ok, tchau!
         Lorena saiu da lanchonete e chegou em casa sentindo-se muito feliz por motivos simples: estava finalmente de férias, sem nenhum problema para se preocupar e estava com a sensação de que aquelas férias iriam ser agitadas e muito legal – estava certa.
...     
            Eram três horas. Todas as garotas haviam combinado de ir para a casa de Lindsay, para irem juntas para a primeira aula. Lorena foi a primeira a chegar.
- Oi, Lore!
- Oi! – Respondeu ofegando. – Vim correndo. Minha mãe está no trabalho, não pode me trazer, daí tive que vir caminhando.
- Uau, mas falta uma hora ainda para a aula. As outras nem chegaram. Entre!
           A casa era muito grande. Lorena não estava muito acostumada, pois há uns meses atrás Lindsay havia se mudado.
- Então... O que você acha desse tênis? – Lindsay disse, mostrando um tênis rosa com branco no estilo esportivo.
- É lindo! Estou em dúvida entre esses dois... – Lorena mostrou dois pares de tênis, um lilás com preto e o outro azul com rosa claro.
- O lilás está melhor, combina mais com a sua roupa.
           Depois de calçarem os tênis e preparar lanches e água para levar, a campainha tocou.
- Até que enfim chegaram! – Lindsay exclamou, fazendo um gesto para as amigas entrarem.
- Desculpem o atraso. Meu pai estava numa reunião, e minha mãe não pode me trazer, daí tive que vir com a Charlote. – Kate explicou.
- Bem... Eu demorei muito tentando achar a blusa que eu queria. Quando vi, já era quase hora de ir. – Bella riu. – Melhor andarmos, temos só quinze minutos!
           Em questão de segundos, todas estavam prontas, já entrando no carro da mãe de Lindsay, que estava dando carona para as garotas. Lorena estava muito ansiosa, queria logo exibir sua habilidade com dança e surpreender todos. Porém, achava que era a única que estava tensa, quando Kate comentou:
- Estou meio nervosa. Faz tempo que não danço...  Não sei se vou me sair muito bem.
- Vai sim, eu sei. – Charlote confortou a amiga. – Também não sou muito boa nisso, estou mesmo só para ver como me saio e para não ficar sem fazer nada nessas férias.
            A mãe de Lindsay estacionou o carro. Lorena sentiu um frio na barriga, enquanto as outras pareciam estar muito tranquilas. Quando entraram no salão de dança, a professora estava esperando todos os alunos sentarem em um círculo para explicar o ritmo musical da aula.
- Bem, acho que já veio todo mundo... – A professora Amanda falou. – Então, o ritmo que vamos trabalhar hoje é Hip Hop. Achei que fosse um tema ótimo para iniciar, porque não é tão cansativo, e acho que a maioria gosta. Não?
          Todos concordaram com a cabeça. Bella estava sorrindo de orelha a orelha, pois adorava Hip Hop.
- Vamos começar então! – Ela continuou, fazendo um sinal para todos ficarem de pé. – Primeiro, irei mostrar uns passos. Depois, coloco a música. Vamos lá!
           Lorena prestava a maior atenção na aula, tentando fazer exatamente igual a professora. Espiou como suas amigas estavam se saindo: ótimas. Ela não sabia que Bella era tão boa no Hip Hop!
- Todos já aprenderam? Agora façam como eu, no ritmo da música! – Amanda ordenou, com muita empolgação.
               Quando a música começou a tocar, Bella se empolgou: era sua música preferida!
- Eu amo essa música! – Exclamou, após receber um sorriso da professora.
              Lindsay e Charlote estavam meio perdidas, mas logo pegaram o ritmo. Lorena ás vezes improvisava e se confundia um pouco, assim como Kate. Com toda a certeza, o destaque da aula foi Bella.
- Pessoal, agora vamos fazer uma pausa para um lanchinho e para beber água. Espero que todos tenham trazido bastante líquido! – Amanda anunciou, desligando a música.
             Lorena devorava um sanduíche de peito de peru, Lindsay comia uma maçã, Charlote optou por um biscoito integral, Kate e Bella estavam dividindo uma enorme barra de chocolate. Depois, todas tomaram a garrafa inteira de água.
- Nossa, eu estou muito cansada! – Charlote disse, ofegando.
- Idem! – Kate concordou, enquanto colocava o último quadrado de chocolate na boca.
- Chocolate? – Lindsay olhou com desgosto.
- Sim, dá energia! – Ela respondeu no seu tom de gênio.
- Engorda, isso sim. – Lorena concordou. – Prefiro meu sanduba integral feito pela minha mãe, é muito bom!
           Interrompendo a conversa, a professora se aproximou do círculo das  garotas.
- Então, meninas, gostaram da aula de hoje?
- Amamos! – Responderam todas juntas.
- Haha, também gostei.  Bella, você mandou muito bem hoje. – Ela elogiou, olhando para a garota.
- Sério? Obrigada! – Bella respondeu, reluzente.
- Aliás, todas vocês foram ótimas. Adorei o empenho de todas. – Amanda sorriu, passando os olhos pelo grupinho.
          Todas sorriram para agradecer. Depois, a aula continuou, e dessa vez, todos se soltaram mais. Quando viram, já tinham montado uma coreografia!
- Ei, e se a gente montasse um grupo de dança? – Lorena sugeriu após a última música ter tocado.
- Como assim? – Bella perguntou interessada.
- Um grupo de dança, onde a gente se apresenta nos locais que nos oferecerem, precisamos de coreografias e tudo mais. E, claro, um nome para o grupo! – Ela explicou, com os olhos brilhando. Ter um grupo só dela e de suas melhores amigas, para se apresentar em todos os lugares e eventos da cidade era seu maior sonho.
- Ahn... Mas não somos profissionais. Não temos coreografia, música, nada. E não tem nenhum evento breve na cidade. Ninguém iria querer chamar a gente. – Uma Charlote realista interrompeu o sonho de Lorena.
- Você tem razão. Eu morreria de vergonha de fazer uma coisa dessas! – Kate reclamou.
         Houve um silêncio entre o grupo. O que as suas amigas haviam dito certamente teria machucado Lorena. Ela só estava dando uma sugestão, não era nada certo.
- Poxa, eu só sugeri. Se não quiserem, tudo bem. – Ela disse, decepcionada.
          Ao notar a tristeza da amiga, Bella e Lindsay se olharam, e disseram:
- Estamos com você.
- Sério? – Lorena levantou o olhar, com esperanças novamente.
- Aham. – Bella concordou, olhando diretamente para Kate e Charlote, que pareciam constrangidas.
- Ok então, estou junto, se é assim. – Kate disse, um pouco convencida.
- Tudo bem. – Charlote disse após um suspiro.
- Não estou obrigando vocês a nada. Se não quiserem, não precisa. Não vai ser agora mesmo, como a Charlote disse, não somos profissionais. Temos que treinar muito, e pedir para a professora Amanda nos ajudar. Aí, na primeira apresentação de todos os alunos, nós podemos nos destacar, e depois, fazer uma apresentação só de nós cinco. Mas claro que isso vai demorar, e vai exigir muita determinação de todas nós. Estão dentro mesmo? – Lorena disse. Não sabia como conseguiu falar aquilo, mas tudo bem.
- Estamos! – Todas responderam, mas não no mesmo tempo. Charlote demorou um pouco, mas topou.
        Lorena abriu um enorme sorriso.
- Melhor irmos. Já terminou a aula, está ficando tarde. – Lindsay lembrou, olhando no relógio.
- Vamos! Ei, querem dormir lá em casa hoje? – Bella ofereceu. – Faz tempo que não fazemos uma festa do pijama, e estamos precisando mesmo!
- Ótimo! – Kate disse. – Vou ver com minha mãe.
- Então, vamos todas para casa, tomamos banho, e ás 19 horas nos encontramos na casa da Bella? – Charlote planejou.
- Isso! – Lorena exclamou. – Até mais!
- Até! – Responderam em coro.
        Exatamente às 19 horas, todas estavam na casa de Bella. Começaram a diversão se aventurando na cozinha, fazendo pizza. 
- Vamos começar fazendo a massa! – Bella anunciou, pegando a farinha.
           Virou o caos. Era farinha para tudo o que é lado, molho de tomate, e Lindsay conseguiu derrubar ervilhas por tudo.
- Lindsay, as ervilhas são para colocar na pizza, sabe... – Kate falou, zombando.
- Caiu! – ela disse, rindo. – Desculpa.
- Meu Deus, Lindsay! Vamos limpar tudo isso, antes que minha mãe chegue! – Bella falou, pegando panos e vassouras.
            Em quinze minutos a cozinha estava brilhando. Elas se divertiram tanto limpando que esqueceram da própria pizza. Se não fosse Lorena lembrar, teria queimado.
- Huuum, ficou uma delícia! – Kate elogiou, quando finalmente sentaram para comer. – Palmas para nós!
            Todas aplaudiram e riram.  
- Nem ficou tão boa assim. – Lorena disse, em tom de suspense. – Ficou ótima! A melhor pizza de todos os tempos!
- Não exagera, Lore. Eu faço uma muito melhor! – Charlote orgulhou-se.
- Mentira, você não sabe nem fritar um ovo! – Kate riu, zombando da amiga que era o terror na cozinha. 
- Eu sei, eu sei. Estou brincando. – Ela respondeu baixinho.
          Depois da deliciosa janta feita por elas mesmas, foram dançar. Tocaram os seus CDs preferidos, de todos os ritmos: pop, rock, anos 80, hip hop, clássico, etc.
- Estou exausta!  - Lorena anunciou, jogando-se no seu saco de dormir.
- Eu também. – Kate falou, já quase dormindo sentada.
- Melhor irmos dormir... – Charlote disse, apontando para Bella, que já estava roncando.
- É, parece que alguém aqui sim cansou bastante! – Lindsay riu da amiga. – Boa noite!
- Boa noite. – Responderam juntas, exceto Bella, que já estava em sono profundo.
          A festa do pijama havia sido perfeita. Lorena levantou-se devagar, para olhar na janela. Simplesmente amava a vista que tinha daquela janelinha do quarto da sua amiga, porque era bem isolada da cidade, dava para ver praticamente tudo. O céu estrelado estava perfeito. A Lua reluzia seu brilho num laguinho distante, onde era possível ver só uma parte. A cidade estava silenciosa, pois já era tarde e a maioria estava dormindo. Os pensamentos e momentos de inspiração de Lorena acabaram com uma voz.
- Eu também adoro ver por essa janela. – Charlote disse, como se estivesse lendo os pensamentos da amiga.
- Pensei que estivesse dormindo. Fiz barulho? – Ela perguntou, preocupada.
- Não, imagina. Vim aqui para te pedir desculpas.
- Pelo o que?
- Por eu ter sido tão estraga prazeres hoje. Desculpe, não foi minha intenção. – Charlote disse, baixando o olhar.
- Você só foi realista, eu que estava sonhando alto. Não se preocupe, você sempre será minha amiga. – Lorena confortou, abrindo um pequeno sorriso.
- Valeu. É que eu estava com medo, sou a que dança pior de todas nós.
- A pior? Não mesmo. Se estamos fazendo aula de dança, é porque queremos aprimorar nossas habilidades. Não se sinta assim, você é ótima. É normal errar na primeira aula, ninguém acerta sempre.
- É... Você tem razão. Ah, e agora eu sou a favor do nosso grupo de dança. Que tal irmos amanhã falar com a professora Amanda? Ela pode nos ajudar a escolher uma música legal, e formar uma coreografia. Daí, podemos fazer nossa primeira apresentação por conta própria, sobre coordenação da professora. O que acha? – Charlote disse.
- Isso aí!  – Lorena disse, um tanto alto demais. – Ops... – Tapou a boca rapidamente, quando viu que Kate estava se mexendo, mas não se levantou. –Melhor irmos para cama agora. Vou tentar ter mais ideias.
- É mesmo. Boa noite – Charlote sussurrou, deitando-se em seu saco de dormir.
- Boa noite. – Respondeu, já quase pegando no sono.
         E assim terminou o dia. Lorena sonhou que havia montado o grupo de dança, uma coreografia, e que fizeram muito sucesso. Ela queria muito tornar aquilo real, e se dependesse dela e de sua determinação, seria realidade.

 Para ver mais informações, clique aqui. :)


Posted by: Lau

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Superar



Hoje sinto uma felicidade enorme. Porque? Finalmente me livrei do que me faz mal. Superei o que andava me machucando há tempos. Não ligo mais para as coisas fúteis e parei de me colocar para baixo. 
Não me comparo mais com os outros, não importa se são melhores que eu ou não. Com certeza, tenho qualidades que valem por isso. 
Agora, olho no espelho e gosto do que vejo, acho que estou começando a me aceitar do jeito que sou. Demorou, mas consegui. 
Um dia isso vai acontecer com todo mundo. O dia em que você vai simplesmente não ligar mais tanto para os outros e pensar mais em si mesma (não sendo egoísta, claro). Vai gostar do que vê no espelho, e vai sorrir. 
Portanto, porque não deixar isso acontecer agora? Só depende de você; Orgulhe-se das suas qualidades e use elas ao seu favor. Admira sua beleza, se aceite do jeito que é e diga para si mesmo que nunca vai deixar ninguém te colocar para baixo. 
Assim, terá uma satisfação enorme e um dos melhores sentimentos do mundo: a felicidade. 

Posted by: Lau